MONTANA

Os compostos exploram o melhor de cada raça, mantendo uma ótima combinação de todas as características. O vigor dos híbridos ocorre quando são cruzadas linhagens não relacionadas, como consequência da redução abrupta da depressão consanguínea das raças puras.O Montana começa a trabalhar mais cedo; gerando bezerros precoces, aumentando a vida reprodutiva das fêmeas e produzindo lucros maiores.


A fórmula mágica
 
Todo touro Montana é classificado por um código denominado Nelore-Adaptado- Britânico-Continental (NABC), em composições variadas conforme à contribuição percentual de cada tipo biológico; sempre em múltiplos de 1/16. A combinação reúne o melhor de várias raças com a melhor tecnología disponível. O programa de selecão garante o aumento da eficiência total através do progresso balanceado entre reprodução (Pel2), crescimento (PD, Gp12) e qualidade da carcaça (M12).

Por exemplo:
* NABC = 4-4-4-4 (25% N, 25% A, 25% B, 25% C)
* NABC = 4-4-8-0 (25% N, 25% A, 50% B, 0% C)

Cada número corresponde a uma letra, e mostra claramente quais as características raciais que o animal possui. A partir daí, é possível selecionar o touro de acordo com as necessidades da criação en questão, desenvolvendo bezerros cada vez mais completos. O resultado dessa mistura (que envolve quatro diferentes tipos biológicos) é o Montana Composto Tropical; um rebanho muito mais produtivo e lucrativo, que oferece altas qualidades como rusticidade, alta fertilidade, velocidade de ganho de peso, prenhez aos 14 meses, padronização do rebanho e composto multiracial.

Índice Montana = 3 PD + 4Gp12 + 1 M12 + 2Pe12, onde:
PD: peso a desmama
Gp12: ganho de peso da desmama ao ano
M12: musculatura aos 12 meses
Pe12: perímetro escrotal aos 12 meses

Vantagens do Montana
 
-O cruzamento entre linhangens dos quatro tipos biológicos consegue reter até 84% da heterose inicial observada no F1 (a heterose ou vigor hibrido é a capacidade que os filhos têm de superar a performance dos pais);
-Vacas Montana desmamam bezerros
30 a 50 quilos mais pesados que a média das vacas zebu;
-Machos Montana atingem as 17 arrobas antes dos dois anos de idade;
-Fêmeas montana estão prontas para a reprodução a partir dos 14 meses;
-Taxas de prenhez e reconcepção iguais ou melhores que as apresentadas pelas fêmeas F1;
-Touros Montana estão sexualmente maduros aos 18 meses (às veces, aos 12);
-Cobertura a campo (praticidade e eficiência para qualquer pecuarista);
-Diferenças esperadas na progênie (DEPs ) confiáveis.